Um pedido de socorro, as cidades precisam de ajuda.

0
622

Vivemos reféns de emendas parlamentares, e da morosidade com que as instituições estaduais e federais repassam os recursos financeiros para os municípios. Pior que isso, estamos verdadeiramente  aprisionados aos interesses políticos de deputados e senadores , e a inoperância dos Governos Estadual e Federal . O modo  como os recursos são distribuídos precisa mudar , pois é inadmissível que os interesses eleitoreiros , pessoais ou partidários , ditem como ou quando o dinheiro do povo possa ou deva ser utilizado.

É aqui, no município, que proporcionamos a assistência e o apoio devido para a população, sendo assim o dinheiro público deve ser repassado diretamente para as cidades  para que possamos servir aos cidadãos nas suas reais necessidades, algumas emergenciais como a resolução dos graves transtornos trazidos pelas chuvas, só pra citar um  exemplo . Não podemos aceitar essa forma ilógica como o dinheiro público fica nas mãos dos “velhos atravessadores“ que não se preocupam com o povo e sim com a sua manutenção no poder. Além de não saberem realmente as dificuldades vividas pela população, pois vivem em seus suntuosos gabinetes recebendo seus bajuladores e cabos eleitorais, e só aparecem nas festividades ou em períodos eleitorais, com algumas poucas excessões , é claro . Até porque não deveria ser essa a função do legislativo, distribuir recursos públicos de acordo com seus interesses políticos, ou da forma como condiz a sua própria vontade. Pelo contrário, deveriam exercer a nobre função de legislar , fiscalizar e regulamentar as ações do executivo, visando única e exclusivamente o bem do povo. Com essa deturpação de valores e competências é impossível administrar qualquer cidade. É lamentável os municípios serem abandonados pelos entes federativos nos momentos mais difíceis.

Dr. Marco Antônio de Assis, prefeito municipal de Lamim-MG.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here